Cada vez gosto mais de animais...

abril 14, 2014


 Ontem à noite, combinei com uns amigos irmos dar um passeio. Estava uma autêntica noite de Verão e só apetecia estar fora de casa.
 A minha boleia estava a chegar e disse-me para sair de casa, eu sai. Mas estavam a demorar a chegar, até que me disseram que não conseguiam passar na minha rua, para eu ir descendo a rua. Estranhei. Moro numa urbanização e a rua é super calma. Ainda mais à noite, mal passam carros. 
 Quando chegaram, disseram que um carro tinha atropelado um gato mesmo à entrada da urbanização. Que pararam, afastaram o gato da estrada e seguiram caminho. Fiquei chocada logo quando me disseram isso. 
 Entrei no carro e pedi para que parassem ao pé do gato, quis ver se era de algum vizinho e qual era a situação.
 Tive dó, estava todo eriçado, cambaleava, mal conseguia respirar e estava cheio de sangue. Pensei em levá-lo ao veterinário mesmo sem saber de quem era, ou se era de alguém. Mas lembrei-me que aqui não há veterinários à noite. E que provavelmente como ele estava, ia jogar-se a nós. 
 Tive uns 5 minutos ali, só a olhar para ele, e a lamentar que nos dias de hoje hajam pessoas assim, que atropelam um gato, sabem que ele está vivo, desviam-no da estrada e vão embora. 
 Saí dali, mas sempre com o sucedido na cabeça. Quando cheguei a casa, perto das 3h30, pedi aos meus amigos para pararmos de novo, mas o gatinho já estava morto :(
 Senti-me tão mal com a situação que quando cheguei fui ao quarto da minha mãe contar-lhe. 
 Um nó no estômago. 
   

4 comentários :

  1. Adoro animais, e gatos então é uma paixão. Até me arrepiei só de ler o teu relato.
    Kiss

    ResponderEliminar
  2. essas situações chocam-me completamente
    como é possivel atropelar 1 animal e seguir em frente??
    fico revoltada mesmo
    bjinhos
    http://maggienails90.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Desculpa a sinceridade, mas há sempre qualquer coisa que se possa fazer, há sempre hospitais veterinários abertos 24/7, há (quase) sempre alguém a quem recorrer. Embora não fosse tua obrigação como é óbvio, mas sim de quem atropelou o pobre animal! Há pessoas sem qualquer sensibilidade. Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Fiquei com um nó no estômago porque tenho um gato...

    ResponderEliminar