Uma noite especial

maio 03, 2014

 Ontem foi mais um dia assim a recordar por muito tempo. Durante o dia andei a tratar de umas papeladas para o Erasmus mas à noite fui à semana académica do Algarve.
 E o que é que isso teve de especial? Pois bem, o meu irmão mais novo foi comigo. Foi a primeira vez dele num evento assim maior, e num concerto "grande". Estava a viver tudo pela primeira vez no auge dos seus 15 anos. Senti-me muito feliz pelo voto de confiança dos papis o terem deixado ir comigo.
 Foi diferente para mim, porque me senti com a responsabilidade de o proteger, caso acontecesse alguma coisa. Mas correu tudo muito bem. Ele adorou o concerto, sabia quase todas as músicas de cor, dançou, pulou, cantou. Nem imaginam a quantidade de vezes que olhei para ele só para ver as reacções. E vi que ele estava realmente feliz. 
 Fomos ver os Expensive Soul, uma banda que tenho acompanhado de perto. Não sendo uma daquelas fãs malucas, gosto muito deles, e já assisti a mais de dez concertos. Não me canso de pagar para ouvir música portuguesa e cantores que não fazem playback. Eles sabem interagir com o público, e nunca nos deixam parar. Gosto especialmente que eles levem mais instrumentos de sopro do que o normal porque tornam as músicas muito mais giras. 
 Ficámos na primeira fila, porque quando acabou o concerto dos Supa Squad (uma banda  que toca música Reggae, que não conhecia e me surpreendeu pela positiva), muitas pessoas foram embora de perto do palco, e nós aproveitámos para ficar ali bem pertinho.
 Ontem foi o primeiro concerto da nova Tour e por isso tocaram algumas músicas que ninguém conhecia, mas como é óbvio tocaram as mais conhecidas por todos. E fizeram-me voltar 10 anos atrás, quando cantaram "Eu não sei", música que conheci nos Morangos com Açúcar. Sei que não sou velha, mas chiça, já passaram dez anos?! 
 Depois do concerto acabar ainda fui apresentar alguns amigos ao meu irmão. E fartei-me lhe de perguntar se estava bem, se tinha gostado, se ia guardar o bilhete como recordação, etc e tal. Eu acho que estava mais contente que ele.
 Na viagem para casa o puto não se aguentou e adormeceu ahah Não está habituado a estas andanças é o que dá.
 Eu cheguei a casa de coração cheio. 



 

Sem comentários :

Enviar um comentário