O meu maravilhoso sentido de orientação

julho 21, 2014

 No Sábado depois ter ido às Noites D' Encanto em Cacela Velha, voltei a casa para vir buscar um casaco e depois fui ter com o Tomás para nos despedirmos, porque as férias dele estão a acabar e não sabemos quando nos voltamos a ver. 
 Não sabíamos muito bem onde ir, eu sugeri que comprássemos qualquer coisa para beber e fossemos para um sítio sossegado conversar e ouvir música. Fomos para as Pedras Del Rei que fica em Santa Luzia. Até aí tudo muito bem. 
 Estacionámos o carro onde, supostamente eu deixo sempre. E abrimos a capota para conseguirmos ver o céu (uma coisa que adoro).
 Lembrei-me depois, que havia uma barzinho agradável ao lado da piscina, que no Verão tem um ambiente muito giro e sugeri que fossemos para lá. Ele aceitou.
 E aí é que começa a parte bonita. Eu achei, que o sítio onde estacionámos era mesmo perto da piscina e então disse ao Tomás que andávamos 2 minutos e estávamos no bar.
 O que não me lembrei é que tínhamos estacionado o carro muitoooo mais para a frente e não estávamos na mesma direcção. Eu fiz o trajecto como se estivesse no outro local, e claro não encontrávamos a piscina. Andámos uns 20 minutos a pé... Até que o Tomás foi ao google maps, e viu que tínhamos andado a contornar o aldeamento todo. Isto às duas da manhã, eu cheia de frio (tinha deixado o casaco no carro) e com os pés encharcados de andar em cima da relva. Só nos dava para rir. Passado quase meia hora lá encontrámos a piscina de novo. E eu só a pensar no quanto a minha mãe iria gozar comigo, porque sabe que eu conheço o aldeamento. Já lá estive uma centena de vezes. 
 Tirando tudo o que foi mau, até me diverti e tenho uma história para contar :)

1 comentário :