Fresh Faces 2014 - Central Models

setembro 12, 2014


 Na passada Quarta-feira, fui assistir a um dos castings do Fresh Faces 2014 no Aqua Portimão, incumbida de tentar perceber mais ou menos como é que funciona, qual o ambiente que se vive.
Curiosos? Venham comigo!! 



 Nunca tinha ido assim a um casting como espectadora, e o único a que fui na vida, foi ao casting Cabelo Pantene em 2009, e tive de desistir por razões de força maior.
 Estava nervosa, porque teria de fazer algumas perguntas e acho que não tenho jeito para isso. Encontrei logo o João (vencedor do ano passado e meu amigo), o que me fez ficar mais descansada.
 Como cheguei antes da hora do casting começar (15h), estive um pouco à conversa com ele e aproveitei para lhe perguntar algumas curiosidades aqui para o post.
 Tive também o prazer de conhecer o Mário Oliveira (Booker Central Models), e o António Romano (Director Central Models), ou Tó como gosta de ser tratado e ainda a Nicole a vencedora do Fresh Faces 2013 que tem apenas 16 anos. 

Antes de tudo, deixem-me dizer-vos o que é o Fresh Faces? 

 O FRESH FACES 2014 é um concurso internacional de Modelos, promovido pela Model Management juntamente com algumas das melhores agências mundiais de modelos, entre as quais a Central Models, em Portugal.
 O ModelManagement conta com 40 agências de topo, sendo algumas as que descobriram modelos como Heidi KlumClaudia Schiffer e Sara Sampaio
 O objectivo do concurso é descobrir novas caras no mundo da Moda e lançar carreiras a nível internacional.

 É um concurso mundialmente inovador lançado em mais de 40 países, em 5 continentes, através do Portal internacional www.modelmanagement.com, englobando a maior comunidade de Modelos, Agências, Fotógrafos e outros profissionais de moda, em associação com a prestigiada agência portuguesa Central Models. 
 Tornou-se um dos primeiros concursos de modelos em Portugal, com votação online juntamente com análise efectuada por um painel de especialistas da Central Models, a seleccionar os candidatos na grande final em Lisboa, sendo a dinâmica das redes sociais e votação online o grande atractivo para descobrir “Novos Rostos” para a Central Models em 2014.
 Os vencedores da Grande Final em Portugal, irão à final internacional a realizar em Barcelona – Espanha, onde poderão mostrar as suas capacidades às agências internacionais parceiras do FRESH FACES 2014 de todo o Mundo.

E como funciona? 

 Os participantes de cada pais inscrevem-se através da plataforma online em www.modelmanagement.com, sendo depois realizada uma votação online para apuramento da short list.
 Os apurados terão depois de passar por 3 fases de casting em Portugal, onde, um júri, com caras Central Models, fará o apuramento dos vencedores – um rapaz e uma rapariga.
 Os modelos vencedores 2014 (modelos novo rosto ou profissionais) de cada país, terão a oportunidade única para estar na final Mundial em Barcelona, em Outubro de 2014, onde profissionais do sector, agências de modelos do concurso Fresh Faces 2014 em cada país determinarão os grandes vencedores mundiais. 
 O prémio final é um contrato de modelo com uma agência de modelos internacional e têm a sua carreira projectada a nível mundial.



João o que te levou a participar no casting do Fresh Faces o ano passado?

 "Eu fui à agência, por meio de uma amiga minha, ela é que queria que eu fosse lá, eles gostaram de mim, na altura estavam com a primeira temporada deste concurso, e perguntaram-me se eu gostava de me inscrever, e inscrevi-me. E depois fui passando as fases, e pronto, acabei por ganhar e representar Portugal em Barcelona."

Quais eram as tuas expectativas, eram boas?

 "Na altura, não pensei assim muito, porque eu inscrevi-me no início e passado dois meses, não me disseram nada, e eu pensei, ok, já estou despachado. Mas depois fui passando fase a fase e quando ganhei foi uma surpresa para mim, grande surpresa e isso vê-se pelas fotografias, não estava mesmo nada à espera."

O que mudou na tua vida após teres vencido o Fresh Faces 2013? Que portas é que te abriu?

 "Abriu-me portas muito importantes na carreira da moda evidentemente, tenho feito bons amigos, tenho feito trabalhos muito interessantes, e com cabeça e uma agenda bem organizada, se organizar bem o meu tempo, é uma coisa que me pode levar longe, e se me surgirem as oportunidades certas aproveitarei."

E gostas do que fazes?

 "Gosto, gosto, acho que é uma área muito interessante, é uma área que me preenche bastante a nível pessoal, porque o que eu costumo dizer por exemplo quando faço um desfile é que é o mais próximo que vou estar de me sentir uma estrela de rock. Dá aquela ansiedade ao início, antes do desfile, é uma coisa fantástica. E ter pessoas a olhar para nós, eu que sempre fui uma pessoa muito tímida, foi um grande choque para mim, porque pensei que não ia conseguir dividir isso, mas agora consigo, e consigo separar muito bem a minha timidez pessoal da timidez profissional. Portanto, tem sido giro!"


 Depois de falar um pouco com o João, ele foi apresentar-me o António Romano (ou Tó), gostei imenso dele. Tem uma simpatia gigante, e não dá para não sorrir ao pé dele. Vê-se que adora o que faz, o sorriso não lhe saiu do rosto nem por um instante enquanto lhe fiz as perguntas. 
 Falámos um pouco antes (mais para eu descontrair), o Tó confidenciou-me como foi o seu primeiro trabalho como modelo, o que sentiu, quais eram as expectativas, o que aprendeu com os anos de carreira, deu-me dicas de como não mostrar o nervosismo, falámos do blog. Eu fui de sabrinas e ele brincou comigo, perguntando onde estavam os Saltos Altos, e que tinha de ir comprar uns eheh
 Vamos agora às perguntas. 

O que se pretende com o Fresh Faces? 

 "O Fresh Faces é o concurso anual da agência Central Models, e é um concurso de modelos, obviamente é para descobrir novos elementos, descobrir talentos para depois os formarmos e os colocarmos no mercado de trabalho. (Eu: Como o João que é meu amigo e venceu o ano passado). Exactamente. E o que é que acontece? Uma agência com o prestigio e com a dimensão da Central Models apesar de estar a funcionar muito bem no presente, uma agência nunca pode descorar o seu futuro e a melhor maneira de assegurar um bom percurso para o futuro é continuamente estar sempre à procura no presente de novas caras para poder lançar. 
 É exactamente aquilo que nós fazemos, nós poderíamos ir por uma estratégia ao longo do ano estar constantemente a descobrir gente, nós não fazemos isso, reservamos todos os pedidos que nos chegam, canalizamos para a altura do concurso e no mês do concurso Fresh Faces é a altura em que toda a agência e todos os bookers, tomam atenção e mobilizam-se para irem tentar detectar caras que sejam promissoras. 
 Ou seja, aquilo que nós aqui estamos a fazer muito simplesmente é estarmos à procura de mais Saras Sampaio, que foi exactamente do nosso concurso que ela apareceu.
 O que é que acontece? A Sara Sampaio concorreu com 13 anos e meio. Foi curioso que eu e o Mário Oliveira assim que a vimos dissemos logo que tínhamos acabado de ver a vencedora do concurso, que se iria realizar dois anos depois. E foi o que aconteceu." 

Quais são os critérios de escolha dos vencedores? 

 "Ponto número um, nós não estamos só à procura de vencedores, porque diz-nos a experiência do passado que nem sempre os vencedores dos concursos foram os modelos que chegaram até mais longe, portanto a intenção principal é arranjar uma nova geração de modelos masculinos e femininos à qual vamos chamar a geração de 1914 para colocar no departamento New Faces da Central em que os vamos começar de imediato, a seguir ao concurso, a dar a formação e eu recordo que aqui a formação é muito importante e a questão pela qual nos gostamos de descobrir caras com 15 anos é que demora aproximadamente dois anos a formar um modelo. Ora, se nós os descobrirmos com 15, asseguramos que aos 17, altura ideal para a entrada no mercado de trabalho elas possam estar profissionalmente formadas, a saber tudo o que têm de fazer, de dizer, mas principalmente o que fazer em frente a uma máquina fotográfica."

Que tipo de portas serão abertas para os candidatos e aos vencedores?

"Aos vencedores as portas abrem-se um pouco mais rapidamente, porque mediaticamente  são colocados numa janela especial enquanto vencedores do concurso, vão passado 3 ou 4 semanas da final Portuguesa, vão representar o país e a Central Models na final mundial, onde vão estar cerca de 40 países, e isso cria-lhes logo um elo de contactos muito grande que facilita eventualmente um possível arranque que não é de nossa vontade ou desejo que aconteça, ou seja, um modelo que não esteja preparado para trabalhar no mercado nacional, não deverá meter-se num avião e ir lá para fora. 
 E portanto em relação aos candidatos, aquilo que os candidatos mais podem alcançar é efectivamente poderem ser representados para um agência que curiosamente este ano já vai cumprir o seu 25º aniversário." 

Qual foi a origem do Fresh Faces? Há quantos anos começou? Quem teve esta ideia?

 "Nós temos estado desde o início da agência, poucos foram os anos em que não realizámos um concurso e de ano para ano, ou por uma questão de facilidade de sponserings, ou por iniciativas de grupos de midia, nós já passámos por vários concursos, eu relembro aqui uma ligação durante muitos anos a um concurso que era o Super Model of the World em que tivemos a felicidade de ganhar através da Diana Pereira com 14 anos, o que fez com que no ano a seguir 1997, a final mundial tivesse sido no Coliseu dos Recreios, em que veio o mundo da moda internacional, foi uma noite muito bonita e de que nos orgulhamos muito. 
 Daí para cá, já estivemos com os Cabelo Pantene, temos aquele efeito de concurso sozinho enquanto Central Models mas o ano passado achámos que nos devíamos uma vez mais articular com concurso que abri-se em simultâneo portas internacionais. E tivemos conhecimento de uma plataforma que se chama Model Management que tenta fazer castings na Europa toda e que tem representação em Portugal através do Paulo Ribeiro director da FashionTv que de imediato deu preferência à Central para o estruturar do concurso do primeiro ano, com a edição de 2013. Felizmente correu muito bem, estamos aqui em 2014 e sempre contentes porque este concurso permite-nos uma coisa que é um pouco o descentralizar, ou seja, nós temos modelos representados de todas as regiões de Portugal, mas é muito ingrato para se ser modelo, terem de ser observados em Lisboa, e a parceria deste ano com o grupo Puli Pierre foi-nos dada a oportunidade de para além do casting em Lisboa, no centro comercial Telheiras, termos tido a oportunidade de vir a este maravilhoso, que eu estou encantado com este centro Aqua de Portimão. Eu diria que é um dos centros mais apelativos e bonitos que eu conheço em Portugal.
 O que nos permite vir aqui a Portimão, centro do Algarve, ver todas as jovens, portanto da zona sul do país, e agora vamos ainda para o Porto e vai ser no Parque Nascente em Gondomar onde já temos informação de haver largas centenas de inscrições."


Depois de preencherem a ficha de inscrição os candidatos tiveram de aguardar um pouco, e depois foram chamados um a um para uma entrevista com o júri. Onde lhes foi tirada uma fotografia e alguns tiveram de desfilar.

O júri simpatiquíssimo :)
Nicole, Mário Oliveira (lançou as carreiras da Sara Sampaio e do Luis Borges), Tó Romano e João Viegas.



Foi uma experiência que gostei muito. E quem sabe para o ano, não estarei lá de novo.
O último casting é hoje no Parque Nascente em Gondomar, e ainda podem ir até às 22h30. Boa sorte! :)

 

2 comentários :

  1. Boa tarde ; queria saber se sabem qual é a data para o concurso agora em 2015? Obrigada.

    ResponderEliminar
  2. Boa tarde. Queria saber as datas para o fresh faces 2015? Obrigada

    ResponderEliminar