E é isto #75

fevereiro 03, 2015


 Vi este filme a semana passada e achei-o completamente excepcional e arrebatador. Acho que é um óptimo candidato ao Óscar de melhor filme.
 Foi dos melhores filmes que já vi na minha vida. Com uma história incrível e emocionante. Quando se trata de filmes baseados em histórias reais, fico ainda mais comovida quando os vejo. E este não foi excepção. 
 Saber que existe um homem assim, com esta força, com esta inteligência. Conhecer a história de alguém para lá de inteligente, a quem uma doença lhe tirou todos os movimentos e controlo do corpo, mas não tirou o raciocínio, nem os sentimentos. E a história de uma mulher que esteve sempre lá pelo homem que amava. Prova que fazemos tudo pelos que amamos sem olharmos a meios.
 Chorei muito muito, mas também me ri, por ver a coragem e a força de vontade que nós temos sem saber.
 Todos devíamos ver este filme. 

"Em 1963, enquanto estudante de cosmologia na conceituada Universidade de Cambridge, no Reino Unido, Stephen consegue grandes avanços e está determinado a encontrar uma simples, eloquente explicação para o Universo, o seu mundo expande-se quando se apaixona por Jane Wilde, uma estudante de artes, também em Cambridge.
 Mas, aos 21 anos, este jovem saudável e activo recebe um diagnóstico que vai abalar a sua vida: a degeneração dos neurónios motores vai atacar os seus membros e as suas capacidades, deixando-o com limitações de fala e movimento e terminando com a sua vida em dois anos."

Sem comentários :

Enviar um comentário