Uma questão de tempo...

fevereiro 01, 2015

 Desde que comecei a namorar com o Rafa que vive numa vila perto daqui que tenho visto o tempo de outra maneira.
 Não vivo numa cidade muito grande, mas noto uma diferença enorme de lá para aqui.
 Eu odeio chegar atrasada a algo, odeio esperar e odeio que esperem por mim. E na minha cidade, se faltam 5 minutos para a hora do meu mano entrar na escola, eu já estou a desesperar por ele, porque vai chegar atrasado, e não vamos conseguir chegar a horas. Se faltam 10 minutos para a hora que combinei com as minhas amigas e ainda estou em casa, já penso que vão estar à minha espera imenso tempo, e bla bla bla.
 Pois que aqui para estes lados, o facto de faltarem 5 minutos para algo é uma eternidade, em 5 minutos chegamos a imensos lados. O Rafa dá aulas de Educação Física em duas escolas e uma é na vila dele, a outra numa aldeia perto. Então não é que faltando 5 minutos para a hora da aula, ele ainda tem tempo de ir tomar um cafézinho e chegar a horas? 
 Parece que o tempo aqui não anda. Não que seja mau. Parece que as pessoas aqui têm tempo para fazer tudo o que querem e precisam. E chegam a qualquer lado em 5 minutos. 

1 comentário :

  1. Olá Cristiana, costumo vir aqui ao blogue regularmente mas não tenho o hábito de comentar, mas queria te dizer que gosto muito do teu blog e concordo com o que disseste neste post, vivo numa cidade grande e quando vou para a aldeia da minha avo sinto que o tempo passa muito mais devagar, tenho tempo para tudo o quero fazer e as vezes ainda sobra tempo...
    Beijinhos

    ResponderEliminar