O verdadeiro amor!

fevereiro 21, 2016



Como é que é possível que hoje já faças 17 anos?
 Foi ontem, foi ontem que te fui ver ao hospital, foi ontem que te puseram minúsculo no meu colo e chorei com medo de te deixar cair.
 Hoje já fazes 17 anos. Ou eu estou velha ou o tempo tem passado demasiado rápido.

 Com os anos tenho vindo a descobrir que tu és o meu verdadeiro amor. És o único que nunca me vai deixar e que me ama como eu sou. És sangue do meu sangue. 

 Para quem ainda não percebeu, estou a falar do meu irmão. Do único irmão que tenho. 
 O meu bebé que está quase na maioridade. Do meu bebé que já tem carta de mota e que esta semana recebeu a sua mota e anda um vaidoso com ela para todo o lado. 

 Não falamos todos os dias quando estou em Lisboa, mas não há dia que não pense em ti ou que não pergunte por ti à mãe.
 És o meu orgulho. Tens sido um puto fantástico, que nunca deu problemas. Bom aluno, bem educado, respeitador. Tens aprendido a gerir o teu dinheiro, a comprar as tuas coisas. 
 Escrevo isto de lágrima ao canto do olho porque tu tens sido o melhor irmão que alguém pode ter. Se algum dia te acontece alguma coisa eu não sei o que faço. Sou capaz de dar a vida por ti. 

 Gosto de ti daqui até à lua várias vezes. Apesar de não demonstrares como eu, até porque és 'gajo', sei que gostas de mim tanto ou mais que eu de ti. Vais ter de me aturar o resto da vida, não tens outro remédio. Desculpa! :p

 Parabéns, parabéns, parabéns para o homem da minha vida que hoje completa 17 anos <3

 Que em Setembro de 2017 cumpras o teu sonho de ir estudar para a Inglaterra. Vou contribuir para que isso aconteça. 
 Amo-te! 


Sem comentários :

Enviar um comentário