Adeus 2016, olá 2017

dezembro 31, 2016


 2016 foi um ano difícil. Talvez dos mais difíceis que já tive mas no último dia destes 366, sinto-me muito feliz.

 Chegamos a este último dia e pomo-nos sempre a pensar como foi o ano que hoje acaba. Não nos lembramos de tudo mas há coisas mais importantes e marcantes que a memória não nos leva.

 Hoje, numa ida ao supermercado com a minha mãe, perguntei-lhe o que ela tinha para me dizer sobre 2016. E ela só me respondeu que para ela foi um ano normal, igual a tantos outros.

 Pensei no meu e percebi que o meu não foi de todo normal e muito menos fácil. Este ano senti na pele o que é ser adulta de verdade. Este ano mudei de casa 3 vezes. Este ano troquei o estável pelo instável. Este ano ri muito mas também chorei muito. Perdi algumas pessoas mas a família também cresceu. Perdi um tio, e pessoas próximas mas ganhei primos lindos.

 E o que fiz eu que quero lembrar-me em 2016? Tive de recorrer ao Instagram para me lembrar de algumas. E porque as coisas mais simples da vida são as melhores, em Janeiro comecei por ir ver a Branca de Neve no gelo, nunca tinha ido e chorei. Pude estar presente em mais uma festa de aniversário do meu baby L. Em Fevereiro fui pela primeira vez a um teatro em Lisboa e não podia ter escolhido melhor sala, o Tivoli. Ainda em Fevereiro comemorei os 3 anos do blog da minha Bárbara. Em Março fui ao concerto do meu querido Diogo Piçarra no CCB e só tenho pena que tenha acabado. Gosto muito. Março foi também o mês da minha primeira vez no Starbucks. Foi preciso a minha mamis e o meu mano irem a Lisboa para lá ir.
 Abril foi o mês de ir conhecer um pouco melhor a cidade da Bárbara. Passámos um fim-de-semana óptimo em Setúbal. Em Maio vi o meu Benfica ser campeão de novo e mesmo longe, comemorei como sempre. Mais no final fui ao Rock in Rio e levei comigo o meu mano. Que pela primeira vez teve num festival. Senti-me tão bem!
 Junho foi o mês da ida ao Porto e dos meus 24 anos. Passei o dia no Jardim Zoológico e tive a minha mãe, os meus avós e os meus tios e primos comigo. Foi um dia que não esquecerei mais. Junho foi ainda mês de Santos Populares. Nunca tinha ido em Lisboa e foi uma experiência a repetir. E o mês que me levou a surfar pela primeira vez na Ericeira.
 Em Julho vi Portugal ser campeão da Europa, e chorei, chorei, chorei. Foi uma emoção enorme. E no último fim-de-semana de Julho, acampei com a minha família e amigos numa ilha deserta. Acordei antes de amanhecer e ouvi à noite o bater das ondas do mar.
 Em Setembro andei de burra e bebi leite acabadinho de tirar. Outubro foi o mês de reencontrar a minha Andreia, depois de 1 ano e 4 meses separadas. Ainda neste mês tive a oportunidade de ir à TVI e conhecer a Fátima Lopes.
 Não podia deixar de falar da festa dos 5 anos do blog, no dia 16 de Outubro. Foi linda, um orgulho e espero que este projecto continue assim.
 Em Novembro tive o António Zambujo a cantar para mim no eléctrico 28. Fiz uma mudança radical e cortei o cabelo super curtinho. E ainda assisti no Campo Pequeno à final da Elite Model Look, um sonho e comprei o meu Iphone com o meu dinheiro, fruto das poupanças de muitos meses.
 Já em Dezembro voltei a mudar de casa, e espero que seja desta. Passei o Natal e vou passar o Ano Novo com a família que é o melhor que eu tenho.

 Mas há outros marcos importantes:

 Foi em 2016 que comecei a Academia de Marketing Digital, onde conheci pessoas fantásticas e onde estou a aprender muito (só tenho mesmo pena que já acabe em Maio). Foi também nessa academia que arranjei o meu primeiro trabalho na área. Fiz um estágio pago de 3 meses que acabou em Setembro. Foi ainda devido à academia que arranjei o trabalho onde agora estou mais feliz do que nunca. Faz dois meses para a semana e eu só penso como é que já passaram dois meses?!
 Sinto que já aprendi imenso com os melhores (obrigada Tiago) e que arranjei naquela agência amigos para a vida. Faço o que gosto, divirto-me e isso é melhor que qualquer ordenado milionário. Espero mesmo continuar na Fullsix muito e muito tempo.

 Em 2016, o blog trouxe-me muitas e boas oportunidades. Viajei para sítios lindos como Ibiza, Açores, Madrid (várias vezes), Leiria, Porto, Setúbal e por aí fora e levei comigo pessoas que gosto muito. Cresceu como nunca tinha crescido. Fui a eventos de marcas da qual sou fã há muitos anos.
 O blog comemorou 5 anos e eu chorei de alegria por perceber a dimensão deste projecto que eu criei quando era ainda tão miúda.

 No entanto nem tudo foi um mar de rosas. Este ano estive longe da minha família meses e meses. Não estive no aniversário da minha mãe. O dinheiro que a minha mãe juntou a vida toda para que eu estudasse acabou e andei meses a pensar que tinha de vir embora de Lisboa porque não tinha dinheiro suficiente para pagar o curso e a casa. Meses esses que custaram a passar... Tenho a sorte de ter uma família e amigos espectaculares que me apoiaram sempre. E felizmente no final do ano tudo foi melhorando. E vou entrar em 2017 com um sorriso na cara com o sentimento de dever cumprido.

 2016 foi dos piores anos que tive em 24 anos mas acaba hoje da melhor maneira. Feliz, com trabalho, a fazer o que gosto, numa casa nova e com a certeza de quem são os meus amigos.
 Obrigada Mãe, por tudo. Se não fosses tu, eu não seria eu.
´


3 comentários :

  1. Que 2017 te traga tudo de bom minha querida.
    Obrigada pela excelente pessoa que foste em 2016, sempre prestavel e querida.
    Tudo tudo tudo de bom.
    Feliz 2017!

    ResponderEliminar
  2. Um feliz 2017 recheado de surpresas boas! Beijinhos *

    http://celestepacheeco.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Um bom ano!

    Um beijinho,
    Mónica Rodrigues dos Santos

    http://cupcakewomen.blogspot.pt/

    ResponderEliminar