Mudei e foi o melhor que fiz!

fevereiro 18, 2017

O Antes

 Foi em Novembro (mais ou menos a meio), uma ou duas semana depois de entrar para a Fullsix que decidi mudar.
 Estava a passar uma fase menos boa. E estava a achar que tinha sido um erro ter vindo para Lisboa. Deixar o certo pelo incerto. Afastar-me de toda a minha família. Dos amigos, da minha cidade que tanto amo. 

 Estava numa casa provisória, se assim se pode chamar e não estava a adorar. Só podia entrar para a minha casa em Dezembro. 

 Até que surgiu a oportunidade de ir trabalhar para a Fullsix. Foi tudo muito rápido, soube Sexta e comecei na Segunda. A partir desse dia ganhei um novo ânimo. 

 E com esse novo ânimo chegou a vontade de mudar à séria. Em várias coisas. Mas comecei pelo cabelo. Sempre tive o cabelo comprido, a não ser quando era muito bebé. 
 E sempre o adorei ter dessa forma. Às vezes não estava no seu melhor mas não o cortava por nada. Ia cortando as pontas e mesmo assim achava sempre que era imenso.

 Com a mudança de vida, e depois de ver muitas amigas a cortar (muito) o cabelo e a ficar-lhes bem, decidi que era a minha vez. Claro que não podia confiar o meu cabelo a mais ninguém, se não à Maria Lourenço. E assim, num Sábado de Novembro depois das aulas fui para o salão do Acqua Roma


 Já lá tinha a Maria à minha espera, sempre de sorriso no rosto e bem disposta.
 Falámos um pouco do que eu queria. Comentei com ela os meus medos. E que apesar de querer cortar muito, queria não ter muito trabalho com ele. 
 Tinha medo de cortar demais e depois só gostar de me ver se passasse a prancha ou fazendo uns caracóis. 

 Passámos então para o corte. Estava cheia de medo. 
 A Maria corta-nos sempre o cabelo antes de lavar para termos mesmo percepção de como vai ficar no final. 

 Confesso que gostei logo. Por mim podíamos ter ficado por ali. E sim, cortei muito. Tinha quase o cabelo pelo rabo e cortei acima dos ombros. Fiz um corte (que não me recordo o nome) que é mais curto atrás e um pouco mais comprido à frente.

 Disse à Maria claro, que tinha adorado e ela disse-me uma frase que gostei muito que foi: Se não fosse para gostar, não valia a pena. :)

 Ainda lhe pedi para dar mais cor ao meu cabelo, que sentia, já estava muito baço e sem cor definida. Optámos por um loiro escuro como nuances. Fez-me gostar ainda mais. 


 A lavagem é sempre um momento alto. Adoro! Cadeiras super relaxantes, mãos de fada, massagens óptimas.

 Como disse que queria um novo brilho para o cabelo para além de cortar, foram usados em mim estes dois produtos da Kérastase que são top. Fazem toda a diferença. E que passei a usar em casa. 

 No momento de secar, pedi à Maria que fizesse umas ondas. E assim foi. O resultado final ficou muito melhor do que poderia esperar. 
 E agora, que já passaram 3 meses desde o corte, tenho a dizer que já quero ir cortar de novo. 
 Para quem não gostava de ter o cabelo mais curto... Mudei totalmente a minha opinião.
 Sinto-me igualmente feminina, sexy, sensual e até acho que me faz, tal como a Maria disse, a cara mais jovem e mais brilhante. 


 Este foi o resultado final. 
 O que me dizem? Ficou muito melhor não ficou? E cortar o cabelo foi o suficiente para melhorar muito a minha auto-estima.

 Obrigada Maria por nunca desiludir. Temos de marcar novo encontro que já o acho grande demais eheh

Logo a seguir a sair do salão.

Morada:


C.Com. Acqua Roma - Av. Roma / Av. Columbano Bordalo Pinheiro - Lisboa

Contacto: 21 782 0246

Sem comentários :

Enviar um comentário