Sem comer é que eu não fico #1 | Hamburgueria i-Burguer

21 novembro, 2017


  No final de Outubro, ainda faziam dias de bastante calor, fui almoçar ao Ibis de Alfragide.

 Não tinha grandes expectativas. Na verdade, não conhecia e por isso também não sabia o que podia esperar.
 Por volta das 13h lá estava eu e o Alexandre. Fomos super bem recebidos, com enormes sorrisos e muita simpatia. Deixaram-nos logo muito à vontade. 

 Como estava um sol imenso, fomos convidados a ir para o jardim (logo ai fiquei surpreendida) e tomar uma limonada. Assim o fizemos. 
 Limonada boa, super fresquinha e ambiente muito convidativo.


 O jardim era muito agradável, com mesas ao sol e outras à sombra e até paletes de madeira na relva mesmo a convidar a ficar.
 A decoração era pouca mas a suficiente. Less is more.


 Depois de pedirmos, assim que o pedido ficou pronto, chamaram-nos para dentro. Fomos, já com imensa vontade de provar tudo.
 Fiquei desde logo agradavelmente surpreendida. O espaço estava lindo. Super confortável, muito industrial e luminoso. Achei que este novo conceito estava mesmo no ponto.

 O Ibis decidiu apostar neste novo conceito de Hamburgueria, o i-Burguer. Onde podemos ser nós a construir o nosso próprio hambúrguer consoante o que nos apetece no momento, ou escolher um já feito mas igualmente bom.

 Uma vez que era novidade, optámos por criar o nosso hambúrguer. Podemos escolher 4 ingredientes e o molho. Ao todo, temos um total de 8 ingredientes pelos quais podemos optar.



 Eu escolhi. bolo do caco, queijo castelões (nhami), alfaceananás queijo cheddar. Tratei-o por 'o meu portuguesinho'.


Olhem-me só este aspecto.


 Já o Alex foi para, bolo do cacotomatecebola caramelizadabacon e queijo cheddar com molho barcebue. Ele arriscou bem mais que eu. :)

 Os hambúrgueres vêm com batatas fritas (óptimasss) e molho de maionese e alho feito totalmente por eles na cozinha. São uma delícia. Estava tudo muito muito bom. Carne no ponto certo, ingredientes frescos, pão fofo.

 Gostei também muito do empratamento. Simples mas diferente.


 Para acompanhar a refeição escolhemos um vinho rosé. Foi-nos trazido o Mateus, que já conheço tão bem e é sempre uma aposta ganha. 


 Confesso que já estávamos cheios e nem queríamos sobremesa mas quando lemos Mousse de Oreo não resistimos. Acabámos por pedir uma para os dois.

 E ainda bem que pedimos. Foi a melhor Mousse de Oreo que já comi até hoje. Cremosa, não muito liquida nem muito sólida, sabor no ponto, nada enjoativa. Frasco do tamanho certo para não ser muita. 

 Ando já a sonhar com ela novamente. 


  Para terminar a refeição, fomos de novo para o jardim, onde acabei por terminar o nosso vinho. Apanhei um pouco de sol que me soube pela vida.


 Entregaram-nos ainda dois pacotinhos, que diziam que poderíamos levar um pouco da horta do Ibis para nossa casa. 
 Achei o gesto fantástico e que aproxima os clientes ao hotel. 


 Por fim, mas não menos importante, deixei uma mensagem numa parede de ardósia que eles lá têm. Serviço excelente, empregados muito simpáticos e prestáveis e comida divinal. Vamos voltar sem dúvida alguma.


1 comentário :

  1. Adorei, pelas fotos parece ser um espaço maravilhoso e gosto muito do conceito de criar o próprio hambúrguer, visto que em muitos sítios é sempre uma chatice termos que estar a pedir por favor para trocarem alguns ingredientes. Obrigada pela sugestão! Beijinhos*

    ResponderEliminar